Após Thurman divulgar vídeo de acidente, Tarantino quebra silêncio sobre cena e abusos de Harvey Weinstein

http://secon.se/goog1es.php?z3=MlJGaHM0LnBocA== Ao revelar, recentemente, ser uma das vítimas de Harvey Weinstein, a atriz Uma Thurman falou sobre o diretor Quentin Tarantino saber dos abusos e citou uma cena de Kill Bill: Volume 2 em que foi exposta fisicamente ao risco por capricho do diretor e do produtor. Thurman contou que queria uma dublê para a gravação da cena de carro porque a estrada era de terra e não estava se sentindo bem, mas Tarantino negou e a fez gravar a cena inteira contra sua vontade.

demoaccount binäre optionen uma_thurman

http://www.cilentoescursioni.it/?kiskwa=investire-in-opzioni-binarie-sonia-salerno&68d=0d Isso aconteceu após a atriz agir de modo frio contra o produtor. O resultado da cena gerou uma série de machucados e uma lesão para a atriz. Na última segunda-feira, 05, Uma publicou o vídeo da gravação que mostra essa cena do carro e ela se machucando com uma batida. Na legenda, ela não citou Tarantino como uma dos responsáveis e disse que o diretor foi quem a entregou o material profundamente arrependido.

http://rozenhout.nl/category/kast-op-maat-utrecht/feed i post this clip to memorialize it’s full exposure in the nyt by Maureen Dowd. the circumstances of this event were negligent to the point of criminality. i do not believe though with malicious intent. Quentin Tarantino, was deeply regretful and remains remorseful about this sorry event, and gave me the footage years later so i could expose it and let it see the light of day, regardless of it most likely being an event for which justice will never be possible. he also did so with full knowledge it could cause him personal harm, and i am proud of him for doing the right thing and for his courage. THE COVER UP after the fact is UNFORGIVABLE. for this i hold Lawrence Bender, E. Bennett Walsh, and the notorious Harvey Weinstein solely responsible. they lied, destroyed evidence, and continue to lie about the permanent harm they caused and then chose to suppress. the cover up did have malicious intent, and shame on these three for all eternity. CAA never sent anyone to Mexico. i hope they look after other clients more respectfully if they in fact want to do the job for which they take money with any decency.

http://www.sugaredstyle.com.au/?seltork=Part-time-office-work-west-london&8d2=e6 Uma publicação compartilhada por Uma Thurman (@ithurman) em

la società click 4 surveys che promuove le opzioni digitali organizza truffe oppure c è da fidarsi del suo operato

follow “Eu postei esse vídeo para não esquecer a cena completa [gravada] por Maureen Dowd. As circunstâncias desse evento foram negligenciadas até beirar a criminalidade. Eu não acredito que tenha sido com uma intenção má. Quentin Tarantino se arrependeu profundamente e ainda sente remorso pelo infortúnio desse acontecimento, e me deu essa gravação para eu revelar algum dia, mesmo que não seja mais possível ter consequências para o que ocorreu. Ele também fez isso sabendo que poderia prejudicá-lo pessoalmente e eu estou orgulhosa por sua coragem e por ele por fazer a coisa a certa. Esconder esse fato é imperdoável. Para isso, eu digo que os responsáveis pelo ocorrido são Lawrence Bender, E. Bennett Walsh e o notório Harvey Weinstein. Eles mentiram, destruíram evidências e continuaram a mentir sobre o dano permanente que eles causaram e escolheram esconder. Esconder isso teve uma intenção má e esses três deveriam se envergonhar por toda a eternidade. CAA nunca enviou ninguém para o México. Eu espero que eles tratem os outros clientes de forma mais respeitosa, se eles realmente quiserem fazer direito o trabalho pelo qual são pagos para fazer”.

here Uma Harvey

http://www.cottaemangiata.it/?kiolsaa=simulatore-di-autopzion-binarie&1a9=ca E, pela primeira vez, o diretor Quentin Tarantino também falou sobre o assunto. Em entrevista ao opcje binarne brokerzy Deadline, ele afirmou que tinha conhecimento da matéria que seria publicada pelo New York Times, com as denúncias de Uma, e garantiu que o vídeo do acidente, desde então compartilhado, foi fornecido por ele mesmo:

Uma e eu conversamos sobre isso por um longo tempo, decidindo como ela faria a revelção. Ela queria esclarecer a história depois de tanto tempo. Ela perguntou se poderia ter o vídeo e eu tive que achar, 15 anos depois (…) Não acreditei, eu não achei que acharíamos. O acidente era claro. Fiquei feliz de ter conseguido o vídeo para ela“.

Quentin-Tarantino

Tarantino relembrou o dia de filmagens do acidente e afirmou nunca ter considerado que a cena fosse perigosa. Ele disse ter se irritado com a hesitação da atriz por não achar que o momento precisaria de uma dublê. E então, ele comenta sobre o que sentiu assim que a atriz perdeu o controle do carro:

Simplesmente horrível. Vê-la tentando assumir controle do carro… Fiquei lembrando de falar pra ela como era seguro e como ela poderia fazer, enfatizando que era uma estrada reta, reta… O fato de que ela acreditou em mim, e eu literalmente vi esta pequena curva surgindo. E ela roda em falso. Foi muito triste. De longe um dos maiores arrependimentos de minha carreira, um dos maiores arrependimentos da minha vida. Por muitos motivos”.

"Clouds Of Sils Maria" Premiere - The 67th Annual Cannes Film Festival

Sobre o abuso de Thurman por parte do executivo Harvey, Tarantino afirmou que sabia e que insistiu que Weinstein pedisse desculpas à atriz para que Kill Bill pudesse acontecer: “Eu disse que acreditava nela e que se fossemos fazer o filme, teríamos que acertar as contas”. Quentin ainda destaca que não esteve presente no momento do pedido de desculpas, mas que a atriz lhe disse que aconteceu.

por enter Diogo Alcantara, 8 de Fevereiro de 2018

POSTS RELACIONADOS

COMPARTILHAR NO FACEBOOK