Vem entender as referências a Kanye West e Katy Perry na nova música de Taylor Swift

follow link Ok, amores, venham cá, precisamos falar sobre esse single de retorno da Taylor Swift. A cantora lançou “Look What You Made Me Do” na madrugada desta sexta-feira (25) e surpreendeu pelo tanto de referências aos baphos que envolveram seu nome nos últimos anos.

follow site

http://vitm.com/i6l88I-6M4U5uV0C4W8N7_7f8Y5z 8025/ Vamos começar pela estratégia de divulgação: solta vídeos misteriosos de cobra, para depois anunciar que seu novo álbum se chama “Reputation” e, de repente, tudo faz sentido. Maravilhosa!

watch

http://eventcenterwv.com/uiperty/6272 Aí, ela divulga a capa do álbum e não precisa ser nenhum expert em semiótica para ver a referência na fonte usada – a mesma usada por alguns jornais. Ainda tem todos aqueles textos em formatos típicos de jornais. Ou seja, já esperávamos que ela fosse mesmo falar de sua reputação na mídia nos últimos anos.

http://www.equipmentleases.net/okolcovka/5094

enter site Bapho com Kanye West e Kim Kardashian

A sexta-feira chega e, finalmente, descobrimos que o single de retorno se chama “Look What You Made Me Do” (Olha o que você me fez fazer), com direito a lyric video pra todo mundo já entender do que é que ela tá falando. Imediatamente, a gente já percebe que é sobre a treta com Kanye West e Kim Kardashian, por conta da música “Famous”, lançada no ano passado.

Pra quem não lembra, Kanye diz na letra de “Famous”: “Eu acho que eu e Taylor ainda devíamos transar / Por que? Eu fiz essa vadia famosa“. Na época, uma porta-voz de Taylor afirmou à revista People que Kanye não havia ligado para ela para pedir aprovação da letra, mas para pedir que a loira divulgasse o single em sua conta no Twitter. “Ela se recusou e advertiu-o sobre o lançamento de uma música com uma forte mensagem misógina“, completou a porta-voz. Já o rapper deu uma versão diferente. “Perguntei a minha esposa se eu poderia escrever isso e ela não se opôs. Liguei pra Taylor e fiquei uma hora com ela no telefone, conversando sobre esse trecho, ela achou engraçado e permitiu“, relatou no Twitter.

Senta, que tem mais história!

Senta, que tem mais história!

Pouco tempo depois, Kim Kardashian dá uma entrevista para a GQ e afirma que Taylor havia aprovado a letra de polêmica de “Famous”. Representantes da cantora rebatem, afirmando que “Kanye West nunca disse a Taylor que ele ia usar o termo ‘aquela vadia’ em referência a ela. Uma música não pode ser aprovada se nunca foi ouvida“. Um mês depois, a socialite divulga no Snapchat vídeos da conversa de Kanye e Taylor, mostrando que a cantora ouviu a parte “Eu acho que eu e Taylor ainda devíamos transar“, porém, não vemos a parte da conversa em que Taylor ouve o “eu fiz essa vadia famosa”. Na época, ela chegou a comentar: “Cadê o vídeo dele me dizendo que ia me chamar de ‘aquela vadia’ em sua canção? Ele não existe, porque isso nunca aconteceu“.

Um ano depois, vem Taylor toda perigosa com uma letra cheia de referências a esse bapho. Ela canta: “Eu não gosto dos seus joguinhos / Não gosto do seu palco inclinado / O papel que você me fez prestar de idiota / Não, eu não gosto de você“. O “palco inclinado”, certamente, faz alusão ao palco de Kanye na “Saint Pablo Tour”.

O rapper cantava em palcos inclinados em sua turnê. (Foto: Getty)

O rapper cantava em palcos inclinados em sua turnê. (Foto: Getty)

Taylor ainda canta trechos como “Eu tenho uma lista de nomes e o seu está em vermelho, sublinhado” e “Eu não confio em ninguém e ninguém confia em mim / Eu serei a atriz, a estrela de seus pesadelos / (Olha o que você me fez fazer) / Me desculpe, a velha Taylor não pode atender o telefone agora / Por quê? Ah! / Porque ela está morta!“, o que nos remete a toda essa confusão do telefonema.

http://broadwaybathrooms.com/?deribene=bd-swiz&84c=f8 Rixa com Katy Perry

E as indiretas não param por aí. Fãs mais “xeroque holmes” já começaram a especular que a letra também remete à rixa com Katy Perry. Taylor diz: “Eu não gosto das chaves do seu reino / Elas pertenciam a mim / Você me pediu um lugar para dormir / Me trancou do lado de fora e deu um banquete (o quê?)“, e já tem gente achando que essa parte do banquete é uma referência à música “Bon Appetit”, de Katy, na qual, no clipe, ela vira ingrediente de um banquete.

Outra relação com essa rivalidade entre as duas está na própria sonoridade de “Look What You Made Me Do”. Tem fãs achando que ela mandou uma resposta ao tweet de Katy Perry, que escreveu “Cuidado com a Regina George em pele de cordeiro“, na época do lançamento de “Bad Blood”, música que todos acreditam ser sobre a rixa entre elas. Fãs mais ligeiros logo perceberam que Taylor usou como sample uma batida bem semelhante à cena de Halloween de “Meninas Malvadas”, quando Regina George aparece fantasiada de coelhinha da Playboy. Veja:

Que genial essa sacada, hein?!

There will be no further explanation. There will just be reputation.

Uma publicação compartilhada por Taylor Swift (@taylorswift) em

E ela segue divulgando a nova era, bem afrontosa, como se estivesse na capa da revista “Reputation”. Hahahaha! “Não haverá mais nenhuma explicação. Apenas reputação“, escreveu ela num post em seu Instagram.

Official #LWYMMDvideo world premiere. Sunday 8/27 at the @vmas.

Uma publicação compartilhada por Taylor Swift (@taylorswift) em

Seu site oficial já até começou a vender produtos da nova era, com direito a camisas, bonés e até anéis em formato de cobra, olha só:

taylor-swift-reputation-era-2017-323423

Por enquanto é isso, meu povo. A diva já anunciou que o clipe do novo single sai neste domingo (27), durante o VMA 2017. Seu novo álbum, “Reputation” será lançado em 10 de novembro e já podemos esperar mais babados!!! Ela voltou sedentaaaaaa!

por go to link Raphael Amador, 25 de agosto de 2017

POSTS RELACIONADOS

COMPARTILHAR NO FACEBOOK