TV / Séries

“O Outro Lado do Paraíso”: Elizabeth será acusada de assassinato e forjará a própria morte para fugir, revela colunista

por Victoria Nascimento
há 5 meses

A Elizabeth (Gloria Pires) vai cair, segundo o colunista Daniel Castro, em mais uma armação daquelas! Depois de ser flagrada com outro homem, contratado pelo sogro, e receber o perdão do marido, ela será acusada de assassinato após Renan (Marcello Novaes), o amante, morrer em um encontro dos dois.

A personagem o empurrará para não ser beijada à força, e ele rolará escada abaixo. Mesmo sendo um acidente, Natanael (Juca de Oliveira), o Albieri do mal, a chantageará. O advogado manipulará a nora e a fará crer que “morrer” é melhor do que ser presa e destruir a carreira do marido, Henrique (Emílio de Mello). O diplomata estará prestes a assumir a embaixada brasileira em Londres.

page-108

“Sua filha, na escola, será sempre chamada de filha de uma assassina. A mãe, a mãe dela é assassina, é o que vão dizer, na escola, em todos os cantos, até nas festinhas de aniversário. Mãe assassina”, afirmará o pai de Henrique. Beth aceitará o plano proposto pelo sogro e será dada como morta na explosão de uma lancha. Após a “morte”, ela vai se chamar Duda.

Segundo a publicação, essas cenas vão ao ar sábado (4). No capítulo seguinte, Elizabeth preparará a viagem para Angra dos Reis (litoral do Rio de Janeiro) e fará questão de levar a filha, Adriana (Lara Cariello) para uma despedida. Beth vai embarcar em um lancha e trocará de veículo assistindo o primeiro explodir. Mais tarde, a trama mostrará “Duda” recortando notícias sobre a morte de Elizabeth.

tvg-20170829-rc-o-outro-lado-do-paraiso-55-t-2

Enquanto isso, Jô (Bárbara Paz) vai consolar Henrique. Ela virará embaixatriz ao lado dele e criará Adriana, que na segunda fase, a partir do final de novembro, será interpretada por Julia Dalavia. Tudo o que ela queria, né? Maas, a nova Elizabeth, a Duda, promete não deixar isso barato.